Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2007

Deus não pára!

Final do dia.
Meu coração está frio, cheio de ansiedades, preocupações, desejos e um pouco de dor de cabeça. Meus pensamentos não param de girar entre planos, trabalho, dívidas e outras coisas mais.
Mas meu coração está tranquilo. Repousa numa esperança que não é aqui da terra. Está baseada naquilo que não posso ver, mas tenho certeza de que é a mais pura verdade: Deus está me olhando e age por mim!
Ele não pára quando eu durmo.
Não tira cochilo.
Não tosqueneja.
Não tira férias.
Não tem horário de almoço.
Não tem licença premium.
Não viaja.
Posso passar dias sem pensar nEle, mas Ele não me esquece um segundo sequer. Minhas preocupações são muitas, mas o Pai do céu descansa em cada uma delas.
Ele traz à existência aquilo que não existe.
Resolve o impossível.
Transforma o velho em novo.
Cura o desenganado.
Dá novo rumo aos perdidos.
Purifica o maculado.

Mas dê um tempo pra Ele também. Ele precisa...
Para nos mostrar a sua glória...
Para mostrar a nossa total dependência dEle em todos os sentidos...
Para mo…

Deus... Meu Herói!

Ele é o meu Herói. Herói de verdade. Na sua Palavra está escrito: "Outrora, falaste em visão aos teus santos e disseste: A um herói concedi o poder de socorrer; do meu povo, exaltei a um escolhido" (Sl 89.19). Quando criança, eu gostava de assistir a todos os desenhos animados e o Superman era o que mais me impolgava. A força que tinha, sua visão raio-x, a super-audição, sua invulnerabilidade, estava sempre nos lugares onde havia problemas. Era o poder que qualquer um queria ter. Mas, assim como todos os outros heróis, ele tinha fraqueza: o criptonita lhe enfraquecia completamente. Sempre vencia, mas com muta dificuldade.
Depois, quando assistia esses desenhos, eu pensava em Deus. E pensava em mim também. Como seria bom se eu tivesse super poderes, muita força, pudesse assim como o Superman, enxergar as coisas por dentro, sem ser notado. Talvez sofresse menos, fosse menos quem eu sou hoje. Eu não tenho os poderes de nenhum herói, mas tenho um particular. Muito diferente de to…