Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Não Estou Dando Conta

Eu não estou dando conta! Não estou dando conta de ouvir um evangelho alternativo. Um evangelho capitalista, que reconhece bênção no âmbito material, que adere à teologia de mamom, que diz que está tudo bem se o corpo se sentir bem. Não estou dando conta de ir ao culto e perceber que lá tem tudo, menos culto. Esse culto alterado, adulterado, que remove o Trono de Deus, sem se importar com Deus e glorifica a si mesmo; que me faz se sentir um pouquinho parecido com Deus em sua glória, nunca em sua vontade. Não estou dando conta de ver dia-a-dia uma Igreja afundada e não fundamentada. Cavamos em outro solo que não é Cristo afim de achar um outro Messias que nos fale sempre com brandura, que reconheça os nossos esforços, que nos atenda no primeiro chamado. Essa teologia que transforma Deus num empregadinho e que nos promove a senhores do Senhor e reis do Rei. Não estou dando conta de ver uma Igreja que aplaude o efêmero e abraça o supérfluo como se isso fosse o novo mover de Deus. Esse a…

A Hipocrisia Reina

Estava junto com uma multidão numa escola para obreiros que aconteceu no interior do estado em 2004. Muita coisa boa foi ministrada. Foram plenárias fantásticas. Só gente de peso falava ao público: Elienai Cabral, Jonas Batinga, Messias Barbosa, Alcindo Pimentel, David Nascimento e Alcindo Toledo. As aulas foram super proveitosas, mas a ousadia do Pr. Alcindo Toledo, diretor da FAETEL me encantou. Ele ministrava sobre os altos e baixos da vida do obreiro até que chegou no tema "caráter" e disse que parte do ministério frustrado do obreiro era resultado de de mau-caráter e hipocrisia. Foi então que ele perguntou se alguém da platéia conhecia alguma pessoa hipócrita. Houve um burburinho no povo, considerando lógica a colocação do preletor. Essa foi a isca para o seu próximo passo. Em seguida fez a pergunta crucial: "você acha que aqui entre nós há alguém hipócrita?" Veio outro burburinho. Terceira abordagem daria provas do que falava: "Você poderia apontar algu…

18 Dicas para Ajudar Sua Igreja a Cantar Melhor

Jonathan Leeman
Passe algum tempo com membros de uma igreja da tribo Khosa, na África do Sul, e você logo perceberá quão lindamente eles cantam. Sem instrumentos. Sem microfones. Um indivíduo lidera, os demais o acompanham. Muitas palmas. E como eles unem suas vozes em um vigoroso louvor! Este artigo não foi escrito para eles. Foi escrito para uma igreja ocidental tradicional. Ocidentais estão acostumados a música de qualidade profissional e orientada para o espetáculo. E, para o bem ou para o mal, isso afeta o que nós cristãos esperamos, em termos musicais, quando nos reunimos como igreja. A menos que uma igreja deliberadamente se mova numa direção alternativa, nós esperamos que a música no culto apresente a mesma qualidade e desempenho que ouvimos no rádio do carro ou por meio dos fones de ouvido de nossos tocadores de mp3. Qualquer coisa inferior a isso pode soar desajeitado, descuidado, ou até embaraçoso. Além disso, há poucos lugares na cultura ocidental contemporânea onde as pes…

Coração de Pedra

O coração de pedra também é um terreno, mas não é propício ao crescimento de nenhuma semente que vir a cair sobre ele. A princípio, devido umas pequenas porções de terra, brotará, mas quando for necessário aprofundar as raízes para adquirir firmeza, não vai conseguir. O resultado será sempre uma vida mirrada raquítica, superficial, melindrosa, cristalizada, frágil, fraca, impotente.

Dia do Pastor Trabalhador

Todos os profissionais tem um dia que o homenagea e mais o dia 1° de maio. Mas, a despeito do pastor ter um dia que o homenageia, não posso deixar que escrever algumas experiências que já vi e vivi nesses quase 5 anos que pastoreio. Constantemente sou interrogado se, além de pastorear, eu ainda trabalho. E sempre explico que, além de servir na Igreja, vendo livros e coordeno um curso teológico. E sempre que respondo assim, vejo uma certa decepção nos olhos e sinto que as pessoas não vêem o trabalho pastoral como "trabalho" de fato. Sinceramente, não posso falar por todos, mas a cada dia que passa, o trabalho pastoral dá mais trabalho. A Igreja, alvo do trabalho pastoral, acarreta um ritmo de atividades capaz de sugar todas as forças. Mas ninguém vê isso. Muita gente pensa que vivemos no bem-bom e que chova ou faça sol, sempre temos o melhor. Pouca gente sabe que a MAIORIA dos pastores não tem sequer ajuda de custo, nem casa própria ou carro. Não tem plano de saúde, não recol…

Não quero!

Não quero número, quero valor. Não quero riqueza, quero tesouro. Não quero multidão, quero amigos. Não quero pódio, quero reconhecimento. Não quero holofote, quero luz. Não quero desculpas, quero perdão. Não quero a barriga cheia, quero ser alimentado. Não quero sucesso, quero triunfo. Não quero ganhos, quero vitória. Não quero ganhar, quero vencer. Não quero trocar, quero conquistar. Não quero perder, quero aprender.  Não quero correr, quero apreciar. Não quero viver, quero viver intensamente.

Pastores, parem de pregar!

Parem de pregar sermões onde não há alegria e são pregados por obrigação com o emprego e porque estão sendo pagos pela Igreja. Parem de pregar sem antes estudar a Bíblia para aplicar em suas próprias vidas. Parem de pregar sem antes dedicar dez a quinze horas de oração e mergulho no texto bíblico sobre o qual falarão. Parem de pregar sermões prontos do seu bispo ou apóstolo, sem coração , paixão ou emoção. Parem de pregar sermões copiados da internet, sem vida e sem experiência pessoal. Parem de pregar suas ideias pessoais, justificadas com alguns versiculos bíblicos. Parem de pregar regras para as pessoas viverem, que vocês nunca viveram. Perseguem a Palavra, poderosa, penetrante, transformadora e verdadeira. ‪#‎JosuéCampanhã‬

Algumas considerações sobre sentar-se ao fundo na Igreja.

Depois de muito pensar, resolvi postar algo, considerando alguns anos como membro de uma Igreja. Em primeiro lugar, escolher onde sentar-se na Igreja é um ato de liberdade. É bom estar num lugar onde você pode escolher que lugar sentar. A Igreja é um ambiente de liberdade. Não podemos institucionalizar ou ditar onde as pessoas vão sentar. Escolher é um dom de Deus e negar isso aos homens é um ato imoral. Em segundo lugar, escolher o lugar onde sentar-se na Igreja diz muito sobre a condição espiritual. Os fariseus sentavam-se à frente por vaidade e soberba. Os miseráveis, por serem considerados indignos, sentavam-se atrás. Quando estamos bem com Deus, consideramos que estar mais a frente faz-nos mais próximos de Deus. Em terceiro lugar, escolher o lugar onde sentar-se na Igreja denuncia o tamanho da nossa fome espiritual. Preste atenção onde sentam os novos convertido. Em nossa Igreja temos um que aceitou a Cristo na virada do ano passado e escolheu sentar-se nas primeiras fileiras. Se…

Pensanso um Pouco

Na última semana, um ateu (será mesmo?) prometeu queimar e queimou mesmo a Bíblia em frente a Universidade Federal do Acre (UFAC). O acontecido trouxe muita repercussão e até políticos da bancada evangélica vão abrir inquérito contra o incidente. Vi alguns crentes fervorosos dizerem: "queria ver ele queimar o Alcorão", o que sem dúvida é uma atitude anti-cristã, pois no mundo de hoje, isso resultaria em morte e não é pra isso que estamos seguindo a Jesus. Acho interessante essa manifestação, mas é o mínimo que se espera de alguém e de um movimento que existe simplesmente para negar a veracidade das Escrituras. É tão patética a ideologia atéia! Como podem lutar tanto para negar a existência de algo que acreditam não existir? Meio louco isso. Ao primeiro momento, causa revolta porque amamos a Bíblia. Já tive oportunidade de ver um doutor chutar a Bíblia na hora da aula. Vi uma postagem de uma jovem fumando páginas da Bíblia, dizendo que finalmente havia encontrado uma finalid…

Pra pensar um pouco!

"Não estamos interessados em usar o povo para construir uma grande igreja. Estamos interessados em usar a igreja para construir um grande povo! Isso é decisivo para um planejamento de longo alcance. O que aprendi sobre pastorear igrejas que crescem: Aprendi que 1. Deus é bom. 2. O povo é basicamente amável e gentil. 3. Você pode entrar em dificuldades fazendo eu trabalho e obedecendo a Deus. 4. Nem todos são dizimistas! 5. Sou abençoado por ter uma equipe eficiente. 6. Sou abençoado por fazer parte de um excelente ministério. 7. Nem todos são dizimistas! 8. Tivemos um mínimo de dificuldades, desentendimentos e reclamações. 9. É bom ter uma mente voltada para missões. 10. Uma igreja pode ser abençoada até mesmo durante importantes programas de melhoria de capital. 11. Nem todos são dizimistas! 12. Testemunhar crescimento e o discipulado dos convertidos é uma delicia. 13. Não posso fazer tudo sozinho. 14. Nem todos são dizimistas! 15. É melhor tentar e falhar do que nunca tentar. 16. Deus é fiel. 1…

Fique Esperto

Numa preleção em novembro de 2013 em nossa Congregação, o Pr.Geremias Couto advertiu sobre os cuidados na interpretação bíblica e citou, para exemplo de sua advertência, um clássico erro de entendimento. Segundo ele, um afeito a Escatologia Bíblica (a doutrina das últimas coisas) interpretou que o anticristo será Lula e para chegar a essa conclusão, fez um acróstico: L - Leão U - Urso L - Leopardo A - Animal feroz
É cômico, mas infelizmente muitos têm espaço a partir de interpretações como esta e muitos ouvem e dão crédito por achar que a interpretação mais diferente possivelmente seja a mais correta. Lamentável! Fique esperto!

Qualquer Semelhança não é Mera Coincidência

Mike Yaconelli conta a parábola de uma estação de salvamento numa pequena costa marítima da Inglaterra, onde freqüentemente havia barcos naufragados. A estação era apenas uma pequena e velha casa de madeira, com apenas um bote, alguns marinheiros experimentados, que vigiavam dia e noite as águas daquela costa à procura de sobreviventes. Abnegados, aqueles salva-vidas jamais pensavam em si mesmos quando saíam em missão de salvamento. Com o passar do tempo, pessoas que haviam sido resgatadas pelos marinheiros da estação, em gratidão, resolveram criar uma associação de apoio ao posto de salvamento. Todos da cidade gostaram da idéia. Com o dinheiro levantado pela associação, eles compraram novos barcos, contrataram novos marujos, e assim a estação de salvamento ficou melhor aparelhada. Logo alguns sócios disseram: - os barcos são novos, mas a estação é apenas uma casa caindo aos pedaços. Imediatamente um novo projeto foi feito e dali a semanas um amplo e confortável centro de convivência…

Conselhos a um irmão desanimado.

Bom dia e que a Paz do Senhor esteja em ti hoje mais do que esteve ontem! Depois de orar, pois toda a direção que precisamos, especialmente para dar um conselho, vem do Senhor, posso lhe falar algumas coisas: - Sentir-se perdido no ministério, conforme você disse, não é uma angústia só sua. Converso semanalmente com muitas pessoas e várias delas alegam a mesma coisa. Até alguns pastores estão desnorteados e dizem que não sabem mais o que fazer. Há uma crise existencial instalada na Igreja. As pessoas não estão mais enxergando o propósito de Deus para as suas vidas e aí a primeira coisa que acontece é sentir-se perdido mesmo. Não é culpa sua, é culpa da própria Igreja que está saindo dos trilhos pouco a pouco. - O fato de você morar em frente a Igreja te faz refletir ainda mais, pensar, olhar pra lá e perguntar-se muito. Mais uma vez eu tenho de dizer: nós estamos perdendo o propósito! A Igreja está sem identidade. Os cultos são repetecos, a liturgia está cansada, os pastores doentes e…