quinta-feira, 9 de julho de 2015

Conselhos a um irmão desanimado.

Bom dia e que a Paz do Senhor esteja em ti hoje mais do que esteve ontem! Depois de orar, pois toda a direção que precisamos, especialmente para dar um conselho, vem do Senhor, posso lhe falar algumas coisas:
- Sentir-se perdido no ministério, conforme você disse, não é uma angústia só sua. Converso semanalmente com muitas pessoas e várias delas alegam a mesma coisa. Até alguns pastores estão desnorteados e dizem que não sabem mais o que fazer. Há uma crise existencial instalada na Igreja. As pessoas não estão mais enxergando o propósito de Deus para as suas vidas e aí a primeira coisa que acontece é sentir-se perdido mesmo. Não é culpa sua, é culpa da própria Igreja que está saindo dos trilhos pouco a pouco.
- O fato de você morar em frente a Igreja te faz refletir ainda mais, pensar, olhar pra lá e perguntar-se muito. Mais uma vez eu tenho de dizer: nós estamos perdendo o propósito! A Igreja está sem identidade. Os cultos são repetecos, a liturgia está cansada, os pastores doentes e o resultado é a Igreja ficar mais doente ainda. Tempos atrás estive num culto de uma grande Igreja e ela estava com muitos lugares vazios, era uma ceia. Saí dali pensando: o que está acontecendo com essa Igreja? O que eu posso fazer por essa Igreja? Será que posso estender a mão ao pastor? Será que consigo? Tive várias ideias. Conversando com alguns, cheguei a conclusão de que a Igreja está em crise, mas não fique triste. Aconselho-te a congregar mais do que congrega, a orar quando tiver oração e estar mais próximo do que já está.
- Sua falta de estímulo é resultado da distância, não física, mas espiritual. Vários irmãos alegam que se sentem desencorajados a assistirem determinados cultos e concluem, como você, dizendo que a sua casa é mais espiritual do que a casa de Deus. É lamentável, mas é verdade. As picuinhas, as metas que não tem nada a ver com o Reino de Deus, as exigências a que estamos sujeitos tiram de nós a alegria de ir a casa de Deus, mesmo sabendo que lá é um lugar especial!
- Quanto ao apoio que você esperava para ter um espaço e fazer o que fazia no passado, serei mais franco ainda: vai piorar! A filosofia da igreja hoje é manter perto e dar oportunidade aos bajuladores, pessoas que não apontam o dedo e discordam de nada e oferecem algum retorno financeiro. Vivemos um tempo de traição entre os irmãos. O ruim é porque fomos ensinados numa obediência cega e que só podemos fazer alguma coisa se for na Igreja quando a Bíblia diz que "o campo é o mundo". Seu ministério tem tudo pra crescer, mas não o limite dependendo dessas pessoas. O Reino de Deus não pode sofrer por causa de nossas preferências, vontades e suposições. Temos de trabalhar mesmo sem ter apoio algum, além do conselho do Espírito Santo.
- Pare de mendigar oportunidade! Estou sendo muito honesto contigo! Pare! Você tem potencial, histórico, então pare! Isso te faz se sentir rebaixado, humilhado. Deus pode fazer coisas inacreditáveis através de você. Fique alerta! Deus abrirá uma porta e você não pode se contentar em pular janelas! Não há espaços entre os cães para pessoas como você. Você é comprometido, eles são bajuladores. Você faz para Deus, eles fazem para si. Você quer promover mudança, eles já estão com a barriga cheia. Busque a Deus em oração. Se já está orando, ore um pouco mais, congregue mais, fortaleça-se espiritualmente, crie o hábito de buscar a Deus diariamente.
- Não espere nada de ninguém! Não espere nada de pastor, de líder, de amigos, de parentes, de ninguém. Estribe o seu compromisso em Deus. Os mesmos que te rejeitam e não incluem você do meio deles, deve falar mal de você quando não está presente! Triste realidade!
- Você tem duas alternativas a fazer com o que te escrevi: 1) Ler e considerar. 2) Ler e desprezar. Posso estar errado em tudo o que escrevi, mas lhe abri o meu coração para lhe dizer o mesmo que me disseram. Graças a Deus, alguém colocou o dedo na minha cara e disse: "Enquanto você estiver querendo se dar bem em tudo que faz, vai continuar sendo um fracasso e vai fracassar ainda mais como marido, como pai, como homem e como pastor. Vai ser um fracasso. Abra os olhos!" Eu fiquei impactado. Refiz o meu roteiro e passei a não economizar em nada. Cada oportunidade que tenho considero ser sempre a última. Não escolho palavras agradáveis aos meus ouvintes. Tudo o que Deus tem me dado, tenho repartido com a Igreja.
- Eu poderia te escrever mais coisas e chegar sempre a mesma conclusão: não somos mais uma Igreja; somos uma sociedade que disassocia. Somos uma comunidade que excomunga. Estamos matando pessoas.
- Quero encerrar essas linhas com alguns conselhos que tenho aplicado a minha vida:
• Faça tudo exclusivamente para agradar a Deus!
• Tenha em seu coração a firme resolução de ser mais crente e santificado a cada dia!
• Fuja da fama ministerial e apegue-se a piedade!
• Esteja sempre pronto como se fosse ser requisitado e alimente-se do que não permitiram que você entregasse!
• Viva a intensidade do Reino que acontece em sua originalidade dentro de nós.

Ao terminar de ler o que te escrevo, faça a Deus uma oração. Eu também estarei orando por você. Vamos vencer. Creia!
Tenha um maravilhoso dia!

Nenhum comentário: