Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2010

A Excelência das Obras de Deus

Imagem
A excelência é algo natural de Deus. Todas as maravilhas trazidas à existência nos dias da criação foram concluídas com a célebre frase: “Viu Deus que era bom”.
Deus é excelente. Aliás, todos os conceitos acerca da excelência o têm como fonte. Sua glória e seu poder, sua riqueza e seu nome, sua grandeza e majestade, seu louvor e sua criação, sua sabedoria e fidelidade, sua bondade e paciência, sua habilidade e capacidade, seus propósitos e salvação, seu perdão e sua ajuda, seu plano e tudo o mais que pode ser atribuído a Deus, são excelentes.
A excelência é comum a Ele. Ele não precisa tornar excelente o que faz. O produto inicial e final de suas mãos é excelente. Não precisa melhorar sua arte, nem precisa explodir nada para obter a excelência por meio de acidentes da natureza. Admire o Everest, as Cataratas do Iguaçu ou o Grand Canyon e você concluirá que as obras de Deus são excelentes.Como não desejar isso para as nossas vidas? Como não querer também as suas bênçãos excelentes? É iss…

Vidas Alheias, o Alvo do Evangelho

Imagem
Estamos cumprindo o Ide de Jesus a todos os povos. Foi isso que Jesus fez e ensinou. Sua missão incluía exclusivamente as vidas de outrem. Ele amava as pessoas ao ponto de se entregar por elas. Antes da cruz do Calvário, Ele já havia passado por vários sacrifícios e em todos eles, a vida alheia foi a mais beneficiada. Mesmo sem ter um lugar para repousar a cabeça, preparou-nos um lugar no céu, pertinho de seu Pai. Nem sempre tinha o que comer, mas nunca deixou um faminto sem o pão da vida. Quando a sede lhe cercava, diferente de Moisés, Ele oferecia de si mesmo a água da vida. Quando todos repugnavam os miseráveis, imorais e doentes, Eles lhes transmitiam compaixão, decência e cura. Jesus é realmente o maior personagem da História da Humanidade.
Quem o via, se admirava de sua postura. Quem o ouvia, se maravilhava com a sua doutrina. E quem Ele tocou, nunca mais foi o mesmo. O paralítico junto ao tanque de Betesda nunca mais sofreu entre os doentes. O cego Bartimeu à beira do caminho nu…

O Ide de Jesus

Imagem
Realizar a Obra de Evangelização não é tarefa fácil. Demanda tempo, desprendimento, coragem, fé, amor, e não raras vezes dinheiro. Cruzadas, cultos ao ar livre, pontos de pregação, novas frentes de trabalho são apenas algumas das inúmeras formas de se evangelizar uma cidade e ganhá-la para o Reino de Deus. Obedecendo o Ide de Jesus (MT 28.20; Mc 16.15; At 1.8) e recebendo de Deus a incumbência de levar de boas-novas a todos os povos, romperemos com as novas fronteiras, resgatando as almas do poder do inferno (Jd 22,23).
O Senhor Jesus ordena (ide). Sua ordem é abrangente (por todo o mundo), objetiva (pregar o evangelho) e muito fácil de identificar os sinais de sucesso (quem crer e for batizado será salvo).

Temperamentos

Imagem
“Tendo por certo isto mesmo, que Aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus” (Fp 1.6).
O temperamento é o conjunto básico de nosso ser; é a combinação de diferentes características, transmitidas geneticamente, as quais inconscientemente, controlam nosso procedimento. Devido à diferença dos temperamentos, as pessoas poderão ter reações ou comportamentos diferentes perante a mesma situação. Nas melhores pessoas encontramos os maiores defeitos e nas piores pessoas, as maiores virtudes.
Conhecer nosso próprio temperamento é fundamental para que possamos buscar uma canalização positiva de nossas atitudes advindas do temperamento e o fortalecimento das nossas qualidades.
As pessoas podem ser classificadas em quatro grupos de temperamentos: Sanguíneo, Melnacólico, Colérico e Fleumático.
1. Sanguíneo
Qualidades: Comunicativo, destacado, entusiasta, afável, simpático, bom companheiro, compreensivo, crédulo.
Defeitos: Fraco de ânimo, volúvel, indisciplinado, impulsi…

Hino à Bíblia

Imagem
Bíblia, Livro dos livros, és a Escrita de Jeová.
Bíblia, a Eternidade da Divindade em Ti está.
Bíblia, Livro dos livros, és o Tesouro das gerações.
Oh, minha Bíblia, Fanal de gozo, és o Repouso dos corações.
Bíblia, Livro dos livros, dos patriarcas e das visões.
Livro de Unção Bendita e de infinitas Revelações.
Bíblia, Livro dos livros, Sol que ilumina os dias meus.
Oh, minha Bíblia, Livro do crente, és o Presente vindo de Deus.
Bíblia, de Duplo Gume, Tu és o Lume na escuridão.
Bíblia, Arca da Lei, onde encontrei a Salvação.
Bíblia, por tudo isso, encontrei Cristo para me remir.
Oh, minha Bíblia, Livro que passa manando Graça, sem se extinguir.
Letra: Edson Coelho
Interpretação: Ozéias de Paula

Pedradas

Imagem

A Grande Obra de Neemias (9ª parte)

Imagem
CONSIDERAÇÕES SOBRE A OBRA DE DEUS
Um homem que foi chamado para o santo ministério tem à sua frente a mais sublime de todas as convocações, isto é, ser um trabalhador direto da Seara do Mestre.
Por ser grande a obra, o Senhor comissionou homens e mulheres voluntários, totalmente dependentes dEle, para capacitá-los, a fim de que Sua vontade seja executada.
No texto em tela encontramos o próprio Neemias dispondo-se a reconstruir as muralhas de Jerusalém, uma tarefa que estava há 100 anos por fazer.
No reino de Deus podemos aprender uma série de princípios com Neemias. Ele tinha um projeto material, nós temos um projeto espiritual. Temos que restaurar e construir a humanidade, devastada pelo pecado, numa casa espiritual (Igreja do Deus vivo). Isto tem que ser feito reconciliando o homem com Deus, em justiça (2Co 5.17-21; 1Pe 2:5).
1. A obra somente será feita se estivermos afinados com os propósitos de Deus
Neemias conhecia os propósitos de Deus para Jerusalém e isso fez com que ele inquiriss…

A Grande Obra de Neemias (8ª parte)

Imagem
LIÇÕES EXTRAÍDAS DA “GRANDE OBRA” DE NEEMIAS
“E purificaram-se os sacerdotes e os levitas; e logo purificaram o povo, e as portas, e o muro” (Ne 12.30).
O obreiro do Senhor Jesus tem sobre si a responsabilidade de conduzir e manter com todo o cuidado e diplomacia o rebanho que lhe foi confiado. Na condição de mordomo, as ordens recebidas de seu Senhor devem ser pontualmente executadas.
Nessa nobre missão existirão grandes desafios a exemplo de Neemias que enfrentou oposições infernais, assim o obreiro também será alvo de investidas do inimigo para desestabilizá-lo.
Faz-se necessário aplicar alguns princípios vivenciados por Neemias, haja vista o resultado vitorioso alcançado.
1. A reconstrução dos muros de Jerusalém deve ser considerada como um tipo do crescimento do reino de Deus na terra.
Os muros derrubados (Ne 1.3) podem tipificar as defesas debilitadas do reino de Deus.
A temporada preliminar de jejum e oração (Ne 1.4-11) pode ser o tipo da atitude mental que deve preceder a todos os gr…

A Grande Obra de Neemias (7ª parte)

Imagem
UMA GRANDE OBRA COM UM DESFECHO ESPIRITUAL
“E os da linhagem de Israel se apartaram de todos os estrangeiros, puseram-se em pé e confessaram os seus pecados e as iniqüidades de seus pais” (Ne 9.2).
A vitória de Neemias frente aos seus inimigos somente foi conquistada através muita dedicação e luta espiritual. Uma grande batalha é travada no reino do Espírito, quando como filhos de Deus desejamos levar uma vida em Deus vitoriosa! Nenhum cristão alcançará proezas sem lutas!
Além da oposição e da guerra travada contra nós pelo diabo e seus demônios, há outro fator que devemos considerar, ou seja, a guerra existente em nosso homem interior, onde combatem a carne e o espírito, "porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes se opõem um ao outro, para que não façais o que quereis" (Gl 5.17).
1. Confissão e arrependimento de pecados (Ne 9.1-4)
O texto diz: "Ora, no dia vinte e quatro desse mês, se ajuntaram os filhos de Israel em jejum, vestidos de saco…

A Grande Obra de Neemias (6ª parte)

Imagem
UMA GRANDE OBRA É EMBASADA NA PALAVRA
“E leram o livro, na Lei de Deus, e declarando e explicando o sentido, faziam que, lendo, se entendesse” (Ne 8.8).
O processo de restauração do culto a Deus aconteceu, assim que os muros foram edificados, as portas levantadas e estabelecidos os porteiros, cantores e os levitas. Esdras, o sacerdote, uniu-se a Neemias, e, em praça pública perante todo o povo, leu o livro da lei de Moisés e explicou o seu sentido, para que todo o povo entendesse a vontade de Deus.
É o clássico texto sobre a leitura da Bíblia. É o grande momento quando Esdras lê a Lei de Deus, diante do povo. Sabemos que a fé vem pelo ouvir e ouvir pela Palavra de Deus, de maneira que o ouvir a Palavra de Deus é o começo de toda a vida espiritual.
1. O Livro de Deus deve ser ansiado (Ne 8.1).
“E chegado o sétimo mês, e estando os filhos de Israel nas suas cidades, todo o povo se ajuntou como um só homem, na praça, diante da Porta das Águas; e disseram a Esdras, o escriba, que trouxesse o l…

A Grande Obra de Neemais (5ª parte)

Imagem
MÉTODOS DO INIMIGO PARA ACABAR COM A OBRA
“Sambalate e Gesem mandaram dizer-me: Vem, encontremo-nos numa das aldeias da planície de Ono. Eles, porém, intentavam fazer-me mal” (Ne 6.2).
“Lembra-te, meu Deus, de Tobias e de Sambalate, conforme estas suas obras, e também da profetisa Noadias, e dos demais profetas que procuravam atemorizar-me” (Ne 6.14).
"Ao que cuida em fazer o mal, mestre de intrigas lhe chamarão" (Pv 24:8).
Há pessoas cujo negócio é praticar maldade. Eles cogitam, planejam e tramam maldades. São "inventores de males" (Rm 1:30). São derrubadores dos Ministros de Deus. Neemias enfrentou tão grande oposição que no final do versículo 19, do Capítulo 6, diz: “Tobias me mandou muitas cartas com ameaças, a fim de deixar com medo”.
O ladrão estuda para descobrir um jeito de entrar numa casa despercebido. O assassino cuidadosamente planeja como matar alguém sem deixar pistas. O caloteiro procura descobrir maneiras para enganar uma pessoa inocente. O estuprador r…

A Grande Obra de Neemias (4ª parte)

Imagem
MEDIDAS NECESSÁRIAS PARA A EXECUÇÃO DE UMA GRANDE OBRA
“Nós, porém, oramos ao nosso Deus, e pusemos guarda contra eles de dia e de noite” (Ne 4.9).
As medidas que foram adotadas por Neemias devem ser postas em prática pelo obreiro do Senhor, caso contrário, não será possível fazer a grande obra que lhe foi confiada. O obreiro do Senhor tem que tomar decisões contra frentes que impedem o seu trabalho.
Neemias tomou duas medidas:
1. Foi preciso retirar os escombros para encontrar os alicerces antigos (Ne 4.10).
O que havia caído eram os muros não o alicerce, e o texto mostra que muitos entulhos ficaram pelo chão. Logo, o primeiro trabalho a se fazer era tirar o lixo que cobria o alicerce. Isso não foi tarefa fácil, diz o nosso texto que os homens ficaram exaustos, chegaram até a desanimar dizendo: "nunca iremos conseguir reconstruir os muros, pois existe muito lixo pesado sobre o alicerce" (Ne 4.10).
Remover lixo não é uma tarefa fácil nem gostosa de se fazer, mas para se reconstrui…

A Grande Obra de Neemias (3ª parte)

Imagem
A OBRA DEMANDA DEPENDÊNCIA TOTAL DE DEUS
“Tendo eu ouvido estas palavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orar perante o Deus do céu” (Ne 1.4).
O livro de Neemias mostra-nos que este partiu da Pérsia para Jerusalém em 444 a.C., como governador de Judá. Isto ocorreu treze anos após a chegada de Esdras a Jerusalém.
Neemias estava incumbido pelo rei da Pérsia para reconstruir o muro de Jerusalém e fortificar a cidade (Ne 2.7,8).
Neemias tinha grande solicitude pelo seu povo e pela obra de Deus em Judá. Durante quatro meses (Ne 1.1 e 2.1), derramou seu coração diante de Deus, em jejum e oração, com muitas lágrimas, por causa do problema que afligia o povo de Deus em Jerusalém e em Judá.
Neemias estava concentrado em Deus. Mais de doze vezes ele orou, desde quando ouviu pela primeira vez, até quando lidou com a última irregularidade (Ne 13:29-31). Seu projeto era o que Deus tinha posto em seu coração (Ne 2:12). Estava em seu coração porque ele conhecia bem…

A Grande Obra de Neemias (2ª parte)

Imagem
A OBRA É EXCELENTE!
“Estou fazendo uma grande obra, de modo que não poderei descer. Por que cessaria?” (Ne 6.3).
“Fiel é esta palavra: Se alguém aspira ao episcopado, excelente obra deseja” (1Tm 3.1).
Tal qual Neemias, o obreiro do Senhor tem diante de si o desafio de cumprir bem o mandado que lhe foi confiado pelo Dono da Obra.
Paulo chama essa obra espiritual de “excelente”, ao expressar a grandeza do ministério em 1Tm 3.1: “Fiel é esta palavra: Se alguém aspira ao episcopado, excelente obra deseja”.
“Excelente” significa melhor do que os melhores; algo extremamente desejável e perfeito.
1. A obra é excelente pelo privilégio daqueles que são chamados para a sua realização
Neemias era o homem certo, na hora certa e no lugar certo. Atender o chamado de Deus é algo imensurável. A pregação do evangelho é privilégio que até os anjos anelam ter (1Pe 1.12). Os ministros usufruem do privilégio que os próprios anjos gostariam de gozar.
É um privilégio ser arauto, o proclamador oficial da mensagem do…

A Grande Obra de Neemias (1ª parte)

Imagem
Neemias, cujo nome significa “Deus Consola”, era servo judeu do rei persa Artaxerxes. Era copeiro do rei. Esta era uma posição de grande confiança e honra, e desejável, pois dava acesso ao rei em ocasiões em que este estava de espírito alegre e disposto a conceder favores. Entretanto, Neemias era um daqueles fiéis exilados que preferiu Jerusalém acima de qualquer “causa de alegria” pessoal. Não era posição ou riqueza material que ocupava o primeiro lugar nos pensamentos de Neemias, mas, antes, a restauração da adoração de Deus.
Em 456 a.C., os “que remanesceram do cativeiro”, o restante judeu que retornara a Jerusalém, não estavam prosperando. Estavam numa situação lamentável (Ne 1.3). A muralha da cidade era um entulho, e o povo era um vitupério aos olhos de seus adversários sempre presentes. Neemias estava pesaroso. Contudo, era o tempo determinado do Senhor Deus para que se fizesse algo a respeito das muralhas de Jerusalém. Com ou sem inimigos, Jerusalém com sua muralha protetora pr…