quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Compromissos 2009

O ANO DA FAMÍLIA

JANEIRO

Dia 1 – Quinta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (Família Alvo do Amor de Deus)

Dias 7 a 27 - Tempo de Dedicação à Família (Brasília/DF)

Dia 18 – Domingo: Igreja Evangelho Quadrangular, Alexânia/GO (O Amor de Deus)

Dia 27 – Terça: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (Fases do Amor de Deus).

FEVEREIRO

Dia 1 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (Propósitos de Deus para o Casamento)

Dia 3 – Terça: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Monte Moriá (Gratidão)

Dia 4 – Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Trombeta do Avivamento (O Melhor Lugar)

Dia 8 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Ágape (Desejei comer convosco esta páscoa)

Dia 11 – Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Filadélfia (As Grandezas de Abraão)

Dia 12 – Quinta: Faculdade São Lucas. Formatura de Nutrição (Profissionais de Sucesso)

Dia 22 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Sol da Justiça (A Bíblia em Nosso Coração)

Dia 25 – Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Betesda (Conselhos para o Sucesso).

MARÇO

Dia 1 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (Seu Filho precisa de Você)

Dia 8 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (Jesus e as Mulheres)

Dia 15 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Novo Horizonte (Bençãos de Abraão às Famílias)

Dia 20 - Sexta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Renascer (Restituição)

Dia 21 - Sábado: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Sol da Justiça (O Temor a Deus é o Princípio da Sabedoria)

Dia 29 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (Minha Casa, Minha Primeira Igreja).

ABRIL

Dia 1 - Quarta-feira: Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (Escatologia Bíblica: Sua Importância Doutrinária)

Dia 8 – 2ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (A Doutrina da Morte)

Dia 15 – 3ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (O Estado Intermediário dos Mortos)

Dia 19 - Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Jerusalém (Construindo o Alicerce da Família)

Dia 22 – 4ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (A Ressurreição dos Mortos)

Dia 23 - Quinta: Igreja Evangélica Assembleia de Deus Central em Porto Velho (Sacrifício de Louvor)

Dia 29 – 5ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (Sinais da Vinda de Jesus)

MAIO

Dia 3 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (Mãe, o Coração de Deus na Família)

Dia 6 – 6ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (Israel, Relógio Escatológico de Deus)

Dia 8 - Sexta: Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Cong. Manancial de Benção (Seminário de Escatologia)

Dia 9 - Sábado: Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Cong. Manancial de Benção (Seminário de Escatologia)

Dia 10 - Domingo: Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Cong. Manancial de Benção (Seminário de Escatologia)

Dia 13 – 7ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (O Arrebatamento da Igreja)

Dia 20 – 8ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (O Tribunal de Cristo e Bodas do Cordeiro)

Dia 27 – 9ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (A Grande Tribulação - 1ª parte)

Dia 30 – Sábado: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (O Tempo e Deus)

Dia 31 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (A Família e seus Valores)

JUNHO

Dia 3 – 10ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (Grande Tribulação - 2ª parte)

Dia 10 – 11ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (O Milênio)

Dia 17 – 12ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (O Juízo Final)

Dia 20 – Sábado: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (Disciplinas do Senhor ao Jovem Cristão)

Dia 24 – 13ª Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Porta das Ovelhas (O Eterno e Perfeito Estado com Deus)

JULHO

Dia 5 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (Família: Pedra Angular da Sociedade)

Dia 15 - Quarta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Jerusalém (Seminário de Escatologia Bíblica)

Dia 16 - Quinta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Jerusalém (Seminário de Escatologia Bíblica)

Dia 17 - Sexta: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Jerusalém (Seminário de Escatologia Bíblica)

Dia 18 – Sábado: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Jerusalém (Seminário de Escatologia Bíblica)

Dia 19 - Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Jerusalém (Seminário de Escatologia Bíblica)

AGOSTO

Dia 2 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (O Padrão Divino para o Pai)

Dia 9 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Monte Moriá (Pais segundo o Coração de Deus)

Dia 16 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Cong. Novo Horizonte (Despertamento do Espírito)

Dia 30 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central (Estabelecendo os Laços de Família)

SETEMBRO

Dia 1 - Terça-feira: Igreja Evangélica Assembleia de Deus Central (Parábola dos Talentos)

Dia 20 - Domingo: Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Cong. Sol da Justiça (Pregador de um homem só)

Dia 26 - Sábado: Igreja Evangélica Assembleia de Deus Central em Porto Velho (A Deus seja a Glória)

Dia 27 - Domingo: Igreja Evangélica Assembleia de Deus Central em Porto Velho (A Família aos Pés da Cruz)

OUTUBRO

Dia 11 -Domingo: Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Cong. Jerusalém (Sê tu uma benção)

Dia 13 - Terça-feira: Igreja Evangélica Assembleia de Deus Central em Porto Velho (Israel, a Figueira para os tempos do Fim)

NOVEMBRO

Dia 1 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (Restaurando o Amor na Família através do Perdão)

Dia 19 - Quinta-feira: Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Cong. Monte Moriá (Eu quero a Glória da Segunda Casa)

Dia 24 - Terça-feira: Igreja Evangélica Assembleia de Deus Liberdade e Vida em Brasília (Deus e o Tempo)

Dia 25 - Quarta-feira: Igreja do Evangelho Quadrangular em Alexânia/GO (A Volta de Jesus)

DEZEMBRO

Dias 2 a 5 - Semana Teológica 2009 (Tendências Teológicas do Século 21).

Dia 6 – Domingo: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Central em Porto Velho (Família, Meu Maior Patrimônio)

Dia 22 - Terça-feira: Igreja Evangélica Assembleia de Deus Central em Porto Velho (Os Selos do Apocalipse)

Dia 23 - Quarta-feira: Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Cong. Novo Horizonte (O Arrebatamento da Igreja)

Dia 25 - Sexta-feira: Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Missão, Setor 10 (Emanuel)

Dia 29 - Terça-feira: Igreja Evangélica Assembleia de Deus Central em Porto Velho (As Trombetas do Apocalipse)

Dia 31 - Quinta-feira: Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Cong. Trombeta do Avivamento (Planos para o Ano que Vem)

§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§

Meus agradecimentos a todos os pastores, líderes e amigos que me permitiram pregar, ensinar e ministrar em suas Igrejas. Que Deus enriqueça a cada um em Nome de Jesus! Tenham paz!

Nilonei Ramos

O que espero de 2010

Ante as últimas tendências do mundo moderno de então, o ano de 2010 nos trará grandes surpresas. Surpresas em todas as áreas. Sei que temos vontade de viver melhor e de bem com Deus. A comunhão com os irmãos não é utopia. A vida de santidade não é inatingível. É possível sim!

Mas apesar de ter planos para o ano que vem, minha cabeça falta explodir ante as últimas investidas do sistema humano e maligno que governa esse mundo que estamos inseridos.

A política está desacreditada. A mesma que deveria trazer segurança e tranquilidade à população é a mais corrupta dos últimos 50 anos. Vale lembrar que o ano que inicia é ano político. Teremos milhares de candidatos mendigando um voto em troca de qualquer favor; a eles, o meu "não". Sem falar de outros que desconhecendo as ideologias de seu partido, acabam participando da mesa dos demônios.

A economia está abalada. Tivemos uma crise que abalou-nos um pouco, mas sobrevivemos. Graças a Deus. Ainda assim, a verdade é que as soluções tornaram-se temporais. Temos miséria em toda a parte e uma grande maioria da população brasileira dorme sem comer nada. Uma desigualdade social sem tamanho. Que tristeza!

continua...

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Blog Devocional 365 - Estréia em Janeiro de 2010

Muitas pessoas passam dias e às vezes meses e anos sem ler uma linha de algo a respeito de Deus. Em casos mais graves, outros lêem dezenas de livros por ano e o último a ser folheado é o Livro de Deus, a Bíblia Sagrada.

Para facilitar as coisas e tornar possível esse encontro, a partir de 1 de janeiro de 2010 estará aberto ao blogueiros de plantão o Devocional 365 (http://devocional365.blogspot.com/) com reflexões diárias da Palavra de Deus. Nele, o editor fará uma relfexão por dia. Pelo menos esse é o compromisso.

Às vezes as postagens serão colocadas nas primeiras horas do dia (quando o editor acordar inspirado); em outras, ao meio-dia (quando o editor estiver em horário de almoço) e em outras no final do dia (quando o editor fará análises de eventos que aconteceram).

Seja qual for a hora e situação, o compromisso é trazer uma reflexão por dia para fazer deste momento um encontro diário com Deus.

Até os próximos dias de 2010!

Nilonei Ramos

Dia Internacional da Promessa

Estamos chegando outra vez ao final do ano. Apesar de já termos passado por isso algumas vezes, repetidas vezes (28, no meu caso), é a primeira e última vez que deixaremos para trás o ano de 2009. O ciclo de 365 dias está acabando. Em números isso é incrível:
  • Foram 365 dias inéditos de 24 horas cada um;
  • Foram 12 meses de 30,41 dias (tirando a média);
  • Foram 52,14 semanas de 7 dias (tirando a média de novo);
  • Foram 8.760 horas de pura emoção vividas uma por vez;
  • Foram 525.600 minutos que às vezes pareciam não passar e outros que gostaríamos que jamais acabassem;
  • Foram 31.536.000 segundos que fizeram toda a diferença em cada uma de nossas atitudes.

Para saber:

  • O valor de um ano, pergunte ao aluno que estudou os 365 dias e seu boletim final consta um "X" em "reprovado".
  • O valor de um mês, pergunte a uma futura mãe que, sem planejamento, teve seu filho prematuro e ao invés de tê-lo em seus braços, vê-o pela vidraça de uma incubadora.
  • O valor de uma semana, pergunte ao editor de uma revista semanal.
  • O valor de um dia, pergunte ao trabalhador braçal que ganha o sustento da família pelas horas de desempenho na empresa.
  • O valor de uma hora, pergunte a um namorado que há tempo espera pelo seu encontro de amor.
  • O valor de um minuto, pergunte ao empresário que acabou de perder o avião que o levaria para uma reunião de negócios.
  • O valor de um segundo, pergunte a quem escapou por um fio de um grave acidente.

Não acredito que Deus tenha dividido o tempo de forma tão organizado para que não atentássemos nesses detalhes que diariamente testemunhamos. Não podemos nos dar o luxo de viver perdendo tempo. Mas infelizmente alguns agem dessa terrível forma.

Um ano inteiro de irresponsabilidade, desonestidade, mentiras, arrogância, preguiça, omissão, prevaricação, promiscuidade, traição, infidelidade e tantas outras coisas semelhantes a estas formam o teatro montado por alguns que descaradamente acreditam em um Deus vestido de papai Noel, o velhinho de coração mole, que não resiste às emoções de final de ano, e que só aparece uma vez a cada 365 dias. Faça-me o favor! Deus é presente o tempo todo em todos os lugares. Não podemos vendar os seus olhos para que não veja nossas falhas. Perante Ele, "todas as coisas estão nuas e patentes" (Hb 4.13). É muito engano de nossa parte acreditar que Deus ficará comovido com nossos votos de fidelidade nos últimos dias do ano.

Mas ainda tem jeito. O que temos de fazer é reconhecer nossas limitações. Admitir nossas falhas para com Deus e rogar a Ele que nos faça melhores no ano que vem para não incorrermos no mesmo erro de hoje. Ele já está nos dando uma nova chance...

  • Para apreciar sua divina providência. Será que alguém faria por nós o que Ele tem feito? Quem mais poderia chover num dia de sol ou fazer aparecer o sol depois de uma negra noite?
  • Para reconhecer nossas limitações. Será que é tão difícil ver que sem Ele nada podemos fazer? Ele dá o sono da noite e nos faz acordar pela manhã. Consegue alguém que se importe com coisas tão naturais?
  • Para nos mostrar a sua Graça. Quem abriria as portas de sua casa para um moribundo? Quem daria tesouros a um mendigo? Quem faria de um bastardo seu filho?
  • Para nos provar seu amor por nós. Além dEle, nem no céu, nem na terra, nem debaixo da terra, haveremos de encontrar um amor semelhante ao seu. É simplesmente inexplicável, mas pode ser profundamente sentido por qualquer um que aceitar seu abraço.

E as promessas de fim ano, como ficam? Elas ficam registradas diante de Deus. Deus lembrará delas durante todos os dias do ano. Todos os 365 dias devem dominar a nossa mente de que nossas promessas de fim de ano estão diante de Deus. Todas as promessas...

  • A promessa de ler a Bíblia. Por que esperar começar o ano? Comece hoje!
  • A promessa de orar mais. Já que oração não é limitada por espaço e tempo, por que não chamá-lo agora para uma longa conversa?
  • A promessa de fazer mais para o Reino de Deus. Menos tempo pra mim e mais tempo para Ele e com Ele. Quer um lema melhor para sua vida?
  • A promessa de ser fiel. Isso depende de cada um de nós. Ser fiel é uma questão de decisão. Exige perseverança, comprometimento, desprendimento e coragem.

E muitas outras que primam pelo reino e a glória de Deus.

Sei que essas promessas devem fazer parte da vida de qualquer cristão. A partir delas, podemos fazer aquelas que fazem parte de nossa vida neste mundo...

  • Fazer alguém feliz...
  • Fazer faculdade...
  • Estudar mais...
  • Casar-se...
  • Ter filhos...
  • Construir, reformar ou comprar uma casa...
  • Comprar um carro...
  • Mudar de cidade...
  • Mudar de emprego...
  • Trocar os móveis da casa...

Não há limites para fazer promessas. Mas lembre-se: Não magoe ninguém com elas. Não entristeça a Deus com aquelas que você não conseguir cumprir.

Feliz Ano Todo!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Especialmente aos Pequeninos

Provas de seu Amor

A Maior de todas as Notícias

José, o Homem que Ensinou Deus

Deus nos Braços de uma Donzela

Emanuel - Presente de Natal

Natal de Jesus

Hoje comemoramos o Natal. Dia de júbilo para todos. Cada pessoa tem um jeito próprio de comemorar. A noite é pequena para tanta imaginação. Famílias inteiras celebram o Natal. Mas será que foi assim desde o princípio? Como terá sido as primeiras comemorações do Natal?

O dicionário diz que natal é "nascimento, especialmente o de Jesus". Mas vamos ao texto bíblico que registra o natal; está escrito em Mt 1.19-25:

"Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo. Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo; e dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco. E José, despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher; e não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus".

Não vemos muita festa neste dia. Apesar de ser a maior de todas as notícias dada aos homens, o natal de Jesus envolve dois jovens inexperientes que estavam agora tendo de lidar com a bombástica notícia de uma gravidez não planejada (pelos menos por eles). Na eternidade de Deus já estava arquitetado um plano de salvação que incluía o nascimento de Deus em forma humana entre os homens. A maior humilhação de Deus: tornar sua natureza infinita limitada a um corpo de carne e osso, naturalmente finito.

Naquele dia, ninguém estava presente para receber a chegada do Rei de toda a Terra. Isso mesmo, Jesus nasceu Rei. Mesmo sendo filho de José e Maria, era pai deles por excelência. Alguns poucos animais (vacas, cavalos, camelos, galinhas, etc) podem ter presenciado a chegada de Jesus em nosso planeta. Que honra para eles! Mas que insulto a Deus. Os judeus esperavam o seu Messias montado num cavalo branco, de sangue azul, da tribo de Judá, com estratégias políticas que deportariam o jugo dos romanos. Que decepção para eles! Os planos de Deus eram outros, bem diferentes, para falar a verdade.

Jesus dependeria da proteção especial do ventre de Maria por nove meses, como uma criança comum. Causaria enjôos em sua mãe, deixaria José inciumado e o faria trabalhar um pouco a mais que o costume. Aquilo que não fora planejado, tornava-se o alvo dos cuidados de Maria e José, os escolhidos por Deus para introduzi-lo na Terra como homem.

Por que Deus não se encarnou em algumas mais favorecidas, ricas, mais experientes? "Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados. Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; e Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; para que nenhuma carne se glorie perante ele. Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção; para que, como está escrito: Aquele que se gloria glorie-se no Senhor" (1Co 1.26-31). Ele prefere as coisas menos prováveis.

continua....

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

A Verdadeira Felicidade

"Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;

Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;

Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;

Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;

Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;

Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;

Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;

Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.

Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós".

(Jesus Cristo, Mt 5)

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Minha Família, Meu Maior Patrimônio







"Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão de dores, pois assim dá ele aos seus amados o sono. Eis que os filhos são herança do SENHOR, e o fruto do ventre o seu galardão. Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade. Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos, mas falarão com os seus inimigos à porta" (Sl 127).

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Ministério é Coisa Séria

"No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça; e calçados os pés na preparação do evangelho da paz; tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus" (Ef 6.10-17).

Parecia que Paulo estava olhando um soldado romano quando escreveu estas palavras. Comparando o cristão com um soldado, a mensagem ganha algo visível. Jamais imaginaríamos que a vida cristã seria tão prática. Couraça, sapatos, escudo, capacete, espada. Somos soldados de Cristo é isso que Paulo está dizendo aqui. Cada um desses itens tem a sua finalidade:

A couraça protege o coração. O sapato protege os pés. O escudo protege o corpo dos dardos inflamados. O capacete protege a cabeça. E a espada é a nossa arma de guerra, a Palavra de Deus. Todos são importantes.

Que soldado sairia para guerra sem sua couraça? Como correria nos lugares difíceis sem os sapatos? Enfrentaria o inimigo sem o seu escudo? Correria o risco de não usar o capacete? Teria coragem sem empunhar sua espada? Acredito que nenhum faria isso. Mas no meio cristão muitos têm esquecido sua armadura de soldado.

Por desprezar a couraça da justiça, seu coração tornou-se vulnerável à sedução dos palcos e holofotes. Os altos cachês roubaram-lhe do coração a graça.

Por não terem a necessária preparação na pregação do Evangelho, seus pés trilham caminhos tortuosos e o compromisso com o Reino vai perdendo o valor. Em pouco tempo, seu ministério perde expressão e seriedade.

A Bíblia, antes companheira de viagens, aos poucos foi substituída pelos livros de auto-ajuda. As mensagens inflamadas que desafiavam os ouvintes à santidade, foram trocadas por temas menos encorajadores. É alvo fácil de Satanás, pois por trás do homem da Palavra, está um completamente desprotegido a ponto de descuidar do polimento espiritual que é a oração, o jejum, a leitura diária das Escrituras. A consagração a Deus.

Têm abandonado a espada. Com mensagens pré-elaboradas, repetitivas, o homem de Deus vai se tornando um profissional do Evangelho e perde a capacidade de passar algumas horas com uma Bíblia aberta para que Deus lhe dê algo novo. Algumas espadas estão cobertas de ferrugens, sem brilho e sem fio.

Continua...