Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2007

Mudanças...

Não é fácil mudar. Provocar mudanças, mais difícil ainda. Algumas são necessárias, outras são apenas desejos de uma personalidade egoísta. Até isso é difícil afirmar, mas talvez eu tenha agido assim. Querendo ter tudo certinho, acabei sendo tentado a deixar as pessoas parecidas comigo. Não sou perfeito, mas gosto de cumprir compromissos. Não cumpro todos, mas, por Deus, eu tento de todas as formas. E já mudei demais por causa das pessoas. Mudei... O corte de cabelo (ficava tão careca que não precisava cortar por um mês), A cor da camisa (um dia me disseram que a cor vermelha me deixava como o mascote do flamengo), O estilo das roupas (antes, só social, em todos os lugares), O relógio do braço (sem comentários, tinha vergonha de usá-los), Os sapatos (um amigo me disse que os cadarços demonstravam estabilidade no homem; segui o seu conselho), As preferências (tenho minha própria opinião acerca de muitas coisas, mas nem todas são cem por cento aceitáveis e certas), A expressão (durante muito temp…

Final de Semana sem os Amigos!

Vocês podem não acreditar, mas os meus amigos me fazem muita falta. Alguns estão viajando de férias (Carlos e Cíntia) e outros (deixe-me ver se lembro de todos os nomes) foram a um congresso de jovens no interior do Estado (Rafael, Yasmin, Juliana, Junior, Jonas, Carmelo, Suelen, Jackline, Vitória, Paulinho, Raquel, Priscila, Pr. ABC, Ruthlene, Rose). Senti muito a falta deles na manhã de domingo. Estou acostumado a tê-los me ouvindo na EBD, mas tudo bem. Tenho certeza de que, onde quer estejam, estão muito bem. Estou até vendo a cara do Rafael dizendo que faço drama, mas não é isso não. Eles já marcaram a minha vida e cada um deles tem um espaço reservado bem grandão no meu coração.
Amigos, esse final de semana foi marcante e muito cumprido. Não estou completo sem vocês.
Voltem logo.

Orei por vocês!

Um forte abraço.

Dia de Receber Benção?

Com tantos modismos e interpolações teológicas que têm surgido, achei-me induzido a escrever algo sobre isso. Depois de muitas barbaridades, a última em nossas igrejas são os cultos com nomes: “segunda do milagre”, “terça profética”, “quarta da bênção”, “quinta da vitória”, “sexta da libertação”, e por aí vai. É difícil tratar de um assunto tão complicado como este sem perder o foco que é Cristo ou não contrariar a si mesmo. Por isso prefiro questionar ao invés de simplesmente expor a minha opinião. Não quero convencer ninguém com meus comentários; quero refletir. Não sou contra as realizações de campanhas de oração, jejuns ou dias de proibição.

Absolutamente não. Grito alto contra os abusos doutrinários e da fé que existem nesses movimentos. Não é errado a Igreja ter dias específicos para oração, jejum ou abstenção de desejos puramente carnais; isso é bíblico. É errado acreditar e ensinar que Deus só atende nessas condições.

Creio que em meio a tudo isso há crentes verdadeiros que, de …

Mais Tempo para Deus!

As emissoras de televisão têm exibido há alguns anos programações que têm causado muita polêmica por todo o Brasil com conteúdo altamente erótico e temas fortes para um horário onde crianças ainda estão em frente à TV.
Isso tem assustado muita gente nos últimos tempos. Mídia de entretenimento virou instrumento do mal para nossas vidas, e aquilo que antigamente era apenas passatempo para a noite, tem vindo carregado de mensagens que transformaram gerações e mudaram opiniões de pessoas mais velhas. Ainda assim, creio que tem jeito.
Nossos televisores têm controles. Os canais são ativados pelo pressionar de nossos dedos. Nós decidimos o que queremos assistir. Talvez mais tempo pra Deus nos afaste de programações tão perversas como as novelas. Temor a Deus ainda é o melhor remédio. Não vou negar que algumas sento-me em frente à televisão e assisto muitas programações, incluindo as novelas. Não sei, mas talvez seja uma fraqueza. Como disse um antigo escritor: “Deus pede conta do meu tempo, m…

De Olho na Nossa Espiritualidade.

Tenho ouvido inúmeras opiniões sobre espiritualidade, mas não sei se todas se encaixam exatamente com aquilo que a Bíblia diz. Espiritualidade não é algo visível nem pode ser medida. Não temos nenhum indicativo disso na Bíblia. O que creio é que cada um deve ter sensibilidade para crer ou não em sua espiritualidade. Comparações devem passar bem longe. Minha espiritualidade nunca deve estar baseada na dos outros. Ser espiritual é uma postura incondicional. Sou ou não espiritual. Não existem meios termos. Ser espiritual é viver segundo a Bíblia. Qualquer regra à parte disso deve ser desprezada. É difícil apontar o dedo e dizer que alguém não é espiritual. Acredito que nem munido de todos os recursos humanos, ninguém, em sã consciência, é capaz de fazê-lo. Para que alguém julgue espiritualidade alheia, mesmo que essa seja falsa, é necessário ter, primeiramente, muito conhecimento bíblico. A Bíblia é nossa regra suprema em assuntos desse bojo. Acredito também que é necessário pedirmos a De…

Pensando no Culto de Amanhã!

Hoje é tempo de pensar! Quero dizer que hoje é tempo de buscar a Deus de forma diferente, não inovando o culto que estamos acostumados, mas apreciar a rotina de Deus para cada dia. Descobrir que Deus não precisa de um grande espetáculo para comunicar suas verdades eternas a nós. Lembra-se de Elias: queria ver Deus naquilo que era normal; acabou encontrando Deus em algo tão simples quanto uma brisa suave. Ele ainda pode fazer isso hoje. Basta apenas congregar hoje com a expectativa de que Deus apreciará seu culto e não você o culto a Ele. Espere hoje com grande alegria; quando menos esperamos, Ele aparece. Viva o hoje; basta a cada dia o seu próprio mal. Deus dá consolo aos seus. Sê feliz! Um forte abraço a todos.