domingo, 17 de janeiro de 2010

Velando pelas amizades



"Vós sereis meus amigos..." (Jo 15.14).
Eles estão presente em toda sua vida. São acompanhantes, ouvintes, conselheiros e de pronto atendem a sua primeira chamada e reconhecem de longe o seu andar e o barulho feito pelas suas sandálias ou sapatos. A maioria das pessoas jamais morrerá sem antes experimentar a emoção de ter ou ser um amigo.
Sim, eles são dádivas de Deus a nós. "Como o ferro com o ferro se aguça, assim o homem afia o rosto do seu amigo" (Pv 27.17). Feliz o homem que tem um amigo. Eles estão presentes em pelo menos dois grandes momentos de nossas vidas:
Os verdadeiros amigos estão presentes nos melhores momentos de nossas vidas. Olhe a sua vida. Lembre de todos as alegrias de sua vida, de todas as grandes comemorações, de todas as vitórias e tente recordar quem eram as pessoas que estavam ao seu lado. Quantos comemoraram suas vitórias? Quantos abraçaram-lhe e você sentiu que era verdade? Quanto estiveram com você até o final da festa? Os verdadeiros amigos comemoram sem falsidades e alegram-se com nossas alegrias e festejam com nossas vitórias.
Os verdadeiros amigos estão presentes nos piores momentos de nossas vidas. Cada lágrima que correu de seus olhos durante toda a sua vida, cada tristeza que passou, cada fracasso que experimentou, cada tormenta que atravessou, cada deserto que peregrinou, só pôde suportar por que tinha um amigo presente.
Um amigo presente é tão valioso quanto...
  • um lenço diante das lágrimas...
  • um companheiro na tribulação...
  • uma palavra na hora difícil...
  • uma vela na tempestade...
  • um oásis no deserto...
  • uma luz na escuridão...

Você conhece Jesus como amigo? Sabia que Ele quer ser seu amigo de todas as horas? Num dia em que os discípulos estavam tendo mais admiração por Ele como Senhor, fê-los a proposta de ser amigo deles, dizendo que um amigo "dá-se a conhecer". Um amigo revela as fraquezas e está presente em todas as suas. A psicologia diz que ao longo de uma vida média de setenta anos, teremos, no mínimo três amigos. Em trinta e três anos de vida, Jesus teve três amigos. Pedro, Tiago e João. Cada um deles com suas fraquezas, com seus temperamentos e com sua forma de mostrar a Ele que lhes era amigo. Nas alegrias, estiveram com Ele. Nos milagres, celebraram-lhe, mas a caminho do calvário, negaram-lhe. Sei que Jesus é o nosso melhor amigo, mas será que temos correspondido essa amizade? Será que podemos afirmar que somos amigos de Jesus como Ele é para nós?

Quero concluir essa palavra de hoje com alguns ensinamentos bem práticos para nossas vidas:

  • Os amigos que temos tem a nossa cara. Atraímos pessoas amigas parecidas conosco.
  • O tamanho da amizade é primariamente definido pela amizade que dispensamos.
  • A quantidade de amigos que temos é seletivamente escolhida por nós. Ou seja, temos a quantidade de amigos que escolhemos.

Um conselho: sempre puder, ore pelos seus amigos. Eles ser-lhe-ão gratos por toda a vida.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

O Mais Importante

"Porque, onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração" (Lc 12.34).

Qual a coisa mais importante de sua vida? Consegue descrever sua utilidade e necessidade? Acredita mesmo que não pode viver sem isso? Pois é, aquilo que mais almejamos e acreditamos ser a coisa mais importante precisa ter prioridade. Prioridade às coisas é dar primazia. O profeta Isaías diz: "O nobre planeja coisas nobres e pela sua nobreza permanece em pé" (Is 32.8). A nobreza de nossas prioridades nos mantém em pé. O que lhe é prioridade hoje? O que quer alcançar nesse ano? Pode ser...

Uma casa...

Um carro...

Um novo emprego...

Um salário mais alto...

Uma família...

Um filho...

Um amor...

Um amigo...

Mas será que não precisamos rever nossas prioridades? Será que não carecemos analisar de forma mais acurada aquilo que julgamos ser realmente importantes? A pergunta "o que é realmente importante para mim" precisa de uma profunda reflexão. Podemos julgar coisas fúteis como algo importante.

Será que você precisa de um carro antes de ter uma casa?

Será que você precisa de uma família antes de ter amor?

Será que precisa de uma casa antes de ter um amigo?

Será que precisa de tantas coisas antes de ter Deus em seu coração?

As palavras de Jesus foram muito simples a esse respeito: "o seu coração sempre estará onde estiver o seu tesouro". O seu tesouro às vezes se confunde com o seu tesouro. Àquilo que realmente damos muita importância acaba tornando-se em nosso tesouro.

Todas as vezes que você acreditar que definiu a coisa mais importante de sua vida, veja onde colocou Deus. Se Deus estiver no mesmo lugar de seu tesouro, acabou de encontrar o segredo para ser bem-sucedido.

Para encerrar, quero escrever mais algumas palavras de Jesus que, acredito eu, define bem o que seria prioridade para nós:

"Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;

Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;

Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;

Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;

Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;

Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;

Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;

Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.

Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós" (Mt 5.3-12).

Agradecidos

"... sede agradecidos" (Cl 3.15)

O que podemos esperar de alguém a quem damos presentes? O que esperar de alguém para quem você abre a porta, faz favores, serve água e outras gentilezas mais? No mínimo um "muito obrigado", afinal, uma mão lava outra. Pelo menos era para ser assim. Mas hoje, até o Conde Drácula seria mais grato pelo seu pescocinho...

Um cão agradece com truques o osso que você lhe dá...

Uma criança beija seu rosto por ter recebido uma balinha...

Até Deus é agradecido. Talvez jamais isso tenha lhe passado pela cabeça, mas Ele é. E ninguém é mais agradecido do que Ele. A gratidão faz parte do caráter de Deus. Não estou dizendo aqui que podemos fazer favores a Deus. Afinal, não há nada que podemos fazer por Deus, mas a gratidão de Deus se estende a nós em forma de bençãos.

Deus é grato...

pela forma desprendida como lhe servimos...

pela gratidão agradecida que sentimos por Ele...

pelos nossos dízimos como prova de gratidão pelo que já recebemos...

pelas nossas ofertas como certeza daquilo que ainda podemos colher...

pela nossa comunhão imerecida, mas possível através da cruz...

pela nossa santidade nEle alcançada partilhando de sua santa natureza...

pela salvação alcançada que recebemos por dizer "sim" ao seu plano...

pelo louvor oferecido, alguns deles arrancados do mais profundo de nossa alma...

pela adoração espontânea e verdadeira que não se baseia somente em momentos, mas em um estilo de vida...

pela pregação inflamada livre de interesses que só Ele sabe quando o é...

pelo reconhecimento de seu poder, sem meias verdades e absoluta confiança...

pela nossa humilhação em sua presença que nos abre a porta dos céus e toca-lhe o coração...

pela nossa gratidão.

E quantos não são os motivos pelos quais devamos ser gratos! Olhe ao seu redor, tudo diz que você deve ser grato a Deus...

sua casa... há algum lugar melhor?

sua família... há alguma mais linda?

seu emprego... há alguém mais merecedor?

sua saúde... há alguém mais agraciado?

seu transporte... há algum mais perfeito?

seu ar... há algo mais necessário?

seu coração... há alguém que grite mais alto?

sua vida... há alguém com mais vontade de viver?

sua Igreja... há um pedaço do céu na terra melhor?

seu pastor... há alguém que merece mais o seu respeito?

sua bíblia... há uma fonte mais transbordante do que ela?

sua voz... há melhor forma de louvar aquEle que a deu?

seus olhos... há melhor forma de testemunhar as obras do grande Criador?

sua boca... há melhor forma de rovar o amor?

suas pernas... para onde iria sem elas?

seus sentidos... como sentiria o mundo sem eles?

Tudo o que você pode ver e tocar é um motivo de você o agradecer. Então "sede agradecidos". Por tudo que Ele tem feito e pelo que Ele ainda vai fazer. Pelo que você é e por aquilo que ainda vai ser. Agradeça, não perca essa chance.

Paz

"E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus" (Fp 4.7).

Você já ouviu falar de estado de espírito? É aquela sensação de se sentir bem com tudo e com todos e ter a incrível paciência de ouvir a tudo e permanecer inabalável em suas emoções. Pois é, isso é paz.

O mundo está cada dia mais carente dessa paz. Aliás, o mundo não conhece o que é paz. A paz do mundo é um intervalo entre duas guerras, é um aperto de mãos entre nações inimigas oficializando novas guerras. Mas a paz que Deus nos oferece é muito superior a tudo isso.

A paz de Deus "excede todo entendimento". Não é uma paz facilmente compreendida. Ela é sentida, mas não totalmente compreendida. Você até sabe por que está em paz, mas não consegue explicar nem dizer por que está em paz. Jesus tinha essa paz. Uma vez Ele entrou com os discípulos num barco e lá pelo meio do mar uma terrível tempestade sacudia o barco de um lado para o outro. Inexplicavelmente Jesus dormia (Mc 4.38). Com a cabeça sob uma almofada, Jesus serenamente dormia. Enquanto os discípulos se debatiam tentando salvar suas vidas, o sono de Jesus os incomodou: "Não te importa que morramos?" Pensa você que esse desespero mexeu com as emoções de Jesus? De modo nenhum! Com a tranquilidade de um passarinho, Ele se levanta, repreende o vento e a fúria do mar e, a Bíblia não diz, mas quem não voltou a dormir?

Temos visto inúmeras vezes a mídia divulgando casos de pessoas ricas, aparentemente felizes, mas que inesperadamente tiram suas vidas e a gente sabe que desceram ao inferno. Faltou a paz de Deus.

A paz de Deus "guarda os nossos corações". O fruto da paz de Deus é um coração tranquilo. Enquanto milhares pessoas têm dificuldades para dormir ou manter atento a alguma coisa, o coração com a paz de Deus mantem-se inabalável, por que essa paz guarda o coração. Essa paz transmite segurança em Deus. "Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia, nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia" (Sl 91.5,6). A paz de Deus é o abrigo do coração atemorizado. Junto aos altares de Deus "até a andorinha encontrou ninho" (Sl 84.3). A principal característica deste passarinho é a inquietação, mas junto a Deus, alcança tranquilidade e serenidade.

A paz de Deus "guarda os nossos sentimentos". Como explicar o louvor presente num culto fúnebre? O que leva uma mulher a dizer que está tudo bem quando o filho jaz morto numa cama? O que faz um homem dormir no meio de uma tempestade? A resposta para todas essas perguntas é uma só: a paz de Deus. Sentimentos guardados é uma proteção contra a aflição, angústia, medo, desespero, solidão. A paz de Deus transforma a tempestade em bonança, o frio em estação, o sol escaldante em simples momento, a morte em passaporte, o deserto em oásis e tudo o mais que for contrário ao racional em entrada ao eterno estado com Deus.

A paz de Deus é um antegozo de como viveremos eternamente. A tranquilidade que sentimos hoje em Deus por ter a sua presença é uma antevisão de tudo aquilo que teremos para sempre.

Você não quer ter essa paz inundando o seu coração? Não quer estar tranquilo sobejadamente? Então sinta de Deus essa paz e nunca mais seu coração será o mesmo.

O Melhor Lugar do Mundo

Qual será o melhor lugar do mundo? Qual é o melhor lugar para alguém estar? Para alguns, uma casa à beira da praia, responde aos anseios. Há diversos lugares excelentes para estarmos. Mas nem todos os lugares do mundo juntos poderiam se comparar à vida no altar do Senhor.

Pergunte para Jacó; ele sabe responder. Num dia em que sua família sentiu vontade de voltar para casa, ele sentiu um nó descer em sua garganta. Há alguns anos atrás, ele tinha saído de casa fugido por que roubara a benção de seu irmão. Seu irmão prometeu que onde ele o encontrasse, com certeza o mataria.

Na volta para casa, ele tenta comprar o perdão de seu irmão enviando-lhe muito gado, ovelhas, camelos, mas nada disso conseguiu aplacar a ira de Esaú. Numa investida com quatrocentros homens, é Esaú que vem ao encontro de Jacó. Num determinado trecho da viagem, Jacó pára e entende que é necessário falar com Deus. Faz passar tudo o que possuía, mulheres, gado, camelos, bagagens, filhos, ficando ele só. Em dado momento, um ser do céu aparece e começa a lutar com Jacó. Não sei descrever os detalhes daquela luta, mas sei que parece com muitas das que enfrentamos todos os dias.

Seja por meio da doença, do desemprego, do filho perdido, do pai esquecido, da família desamparada, da dor, da angústia, da depressão, todos nós conhecemos um pouquinho do que é fazer passar tudo o que possuímos. Ficamos a sós com Deus. Mas aqui é que tudo começa.

Ficando a sós com Deus, nos derramamos em seu altar, encontramos a verdadeira razão e existir e de fazer. A intimidade com Deus aflora quando, semelhante ao psicólogo, ele nos pergunta: conte como você está? O altar de Deus é o seu divã, o lugar onde contamos todas as nossas queixas, nossas dúvidas, nossos anseios.

No altar de Deus não lugar para mentiras...

Nem para hipocrisia...

Nem para desculpas...

Só há espaço para a verdade.

Falar como nos sentimos é o primeiro passo para a verdade. Na presença augusta de Deus, as máscaras caem e somos o que somos e nada mais. O mentiroso não consegue enganá-lo. A hipocrisia não lhe convence e as desculpas são simplesmente desculpas.

O melhor lugar do mundo é o altar de Deus e ter a nossa vida nele é a maior realização que um homem pode obter. Ali...

Nem a melhor casa do mundo se compara com a sua grandeza

Nem o melhor carro do mundo traz mais emoção

Nem as melhores férias consegue suprir as lembranças daquele lugar.

Vida no altar. Quer experimentar o melhor de Deus para sua vida? Tire um momento só com Ele. Sozinhos: você e Deus. Duvido que você tenha pressa de sair.

A Fé

"... Tende fé em Deus" (Mc 11.22).

Por que a fé é tão necessária à vida do homem? A própria ciência cede espaço em seus estudos para falar dos benefícios da fé. Em vários ensinos de Jesus, os milagres estiveram ligados intimamente à fé dos que os recebiam. A fé é a crença na intervenção de Deus favorável às nossas necessidades.

Pela fé recebemos dádivas de Deus, sejam materiais ou espirituais.

O sonho da casa própria...

O emprego dos sonhos...

O príncipe encantado...

O poço dos desejos...

Tudo pode acontecer a partir da fé. Não estou dando poderes especiais à fé. Quero deixar claro isso. Mas "sem fé é impossível agradar a Deus" (Hb 11.6). Entendeu a mensagem? Não? Vou escrever de novo e quero que você leia bem devagar: "sem fé é impossível agradar a Deus". Notou o propósito primordial da fé? Ela não serve para atender os nossos desejos, mas primariamente para agradar a Deus.

Por meio da fé cremos no poder de Deus. Você pediria algo a alguém se não acreditasse que pode lhe atender? Confiaria seus desejos a um mendigo? Pediria riquezas a um miserável? Acredito que não. Mas, e de Deus, você teria coragem? A maioria das pessoas só acredita em Deus enquanto estão dormindo. Ao cair da noite rogam a Deus que resolvam seus problemas, que cure suas enfermidades, que realize o sonho de suas vidas. Depois disso, elas dormem. Quando acordam, a fé foi embora junto com a noite e elas tomam das mãos de Deus as necessidades entregues na noite anterior. Dormindo acreditam em Deus, pois nessa hora nada podem fazer. Enquanto estão acordadas, procuram resolver seus problemas, buscam o médico e lutam pelos seus sonhos. Esquecem que confiar no poder de Deus o agrada. Não as critico. Elas não têm fé suficiente. Você acredita nisso? A melhor forma de entender a fé é pensar nela como um depósito bancário. Dependendo do saldo, você consegue comprar diversas coisas, mas quando o saldo acaba você fica a desejar; infelizmente seu saldo acabou. Em se tratando da fé, as pessoas acreditam que Deus pode curar a doença do próximo, menos a sua. O saldo é insuficiente para receber algo a mais.

Por meio da fé compreendemos a vontade de Deus. Deus é poderoso para atender a qualquer oração, segundo a sua vontade. Nada melhor para compreender sua vontade do que usar a fé. Fé para confiar na sua soberana vontade. O plano dEle é sempre melhor. Nossas soluções são temporais quando comparadas ao seu ponto de vista eterno. A fé nos faz crer e aceitar sua vontade. Lembra da parte de "agradar a Deus" por meio da fé? Pois é, aqui está a alegria de Deus em relação aos seus filhos. Por meio da fé aceitamos os presentes de Deus de bom grado, por que reconhecemos que são os melhores.

Por meio da fé glorificamos a Deus. Isso mesmo, Ele mandou ter fé em Deus. O episódio dessa ordem é relatado pelo evangelista Marcos quando Jesus passando próximo de uma figueira procurou nela fruto, mas nada encontrou (não era época de frutos). Outra vez passaram pela figueira e admirados ficaram quando perceberam que estava completamente ressequida. Além de ordenar que devemos ter fé em Deus, Ele fala aos discípulos que o menor depósito de fé é capaz de mudar montes de lugar (Mc 11.23).

Se for necessário mudar montes de lugar para que Deus seja glorificado, Ele o fará. Se for preciso secar árvores para nos mostrar a sua glória, Ele o fará. Para nos ensinar lições de seu amor, Ele acalma a tempestade. Tenha fé em Deus e todas as coisas serão possíveis (Mc 9.23).

Confiar em Deus

"Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos que os vossos caminhos e os meus pensamentos mais altos que os vossos pensamentos" (Is 55.8,9).

Querendo ou não, nossa vida gira em torno de escolhas. Escolhemos com quem vamos casar, onde vamos morar, onde vamos trabalhar, onde vamos congregar, quem será o nosso pastor, quanto filhos vamos ter. Tudo depende das escolhas.

Mas, e quanto a vontade de Deus?

Primeiramente, temos de nos esforçar ao máximo para entender sua soberana vontade. Na maioria das vezes, a vontade de Deus é contrária ao nosso pensamento. O propósito de Deus é abençoar seu povo, enriquecê-lo com sua graça, manifestar o seu amor, perdoar as suas falhas, mas nem sempre isso é facilmente compreendido. Qual a vontade de Deus para minha vida hoje? Meus planos se encaixam nos planos de Deus ou Ele deve ceder seu cronograma a minha vontade? Ceda à vontade de Deus.

Segundo, devemos ter mais contato com Ele para que sua vontade seja-nos revelada. A oração é o meio pelo qual descobrimos a vontade dEle. É a ponte que nos leva ao seu altar e é lá que descobrimos seus projetos celestiais. Que triste para um cristão saber que os seus anos de oração foram em vão porque foram contra a vontade de Deus. Fará Deus sair água da rocha, se hoje temos água que facilmente sai de uma torneira? Cerrará os céus para que não dê água, se Ele mesmo tem provido o ano de estações e tempo para todas as coisas? O caminhoneiro sai de casa e ora para que não chova. O agricultor acorda de madrugada e pede a Deus que chova. A qual dos dois Ele responderá? Diferente de nós, Deus não se confunde.

Terceiro, sua vontade revelada torna-se suas promessas para nós. Quando nossos superiores querem nos promover a lago, eles nos fazem propostas: se você se dedicar a isso, você ganha isso. O que temos de fazer é nos esforçar para realizarmos a vontade de nossos superiores. Em troca ganhamos aumento de salário, a promoção esperada. Automaticamente isso passa a ser uma promessa. O mesmo acontece em nossos relacionamentos com Deus. Suas propostas para nós são as suas promessas. Se ele nos promete que seremos instrumentos em suas mãos, essa é a sua vontade para nós.

Para aprendermos escolher melhor, temos de agir assim: sobre tudo o que formos empreender, devemos orar a Deus para saber qual é a sua vontade a respeito disso ou daquilo, mantermos contato diário com Ele para não sermos surpreendidos com vontades adversas a dEle e receber suas promessas como sua vontade para nós.

Há anos atrás ouvi alguém orar: "Senhor, quando o que eu desejar não for a tua vontade, me livra da minha. eu quero a tua vontade de tal forma que vai ser assim: ela não vai ser a tua vontade, vai ser a minha que por coincidência é a tua e vai ser a tua que por coincidência é a minha. Converte o meu coração, converte a minha mente e me ensina que é só esperar acontecer. É só não parar, é só continuar, e a gente vai viver o plano melhor que é Jesus".

Faça a Deus essa oração hoje também.

Seja qual for a sua escolha, a dEle é sempre melhor. Confie.

Ele é o Centro

"Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer" (Jo 15.5).

"A vida nos prega peças". É o que todos dizem quando algo não planejado acontece. Mas quando temos Deus como o Centro de nossas vidas, esse ditado fica sem sentido. Em seus cuidados eternos, Deus não abandonou a raça humana como alguns pregam. Ele fez tudo conforme o seu conselho. Em sua inteligência não existe a palavra "inesperado". Tudo acontece conforme o planejado. Ele mesmo não fica desesperado ou admirado quando algo ruim acontece. Ele tem tudo sob controle.

Podemos ter atitudes que demonstram o quanto cremos nessa verdade. Alguns insistem em viver em torno de seus próprios desejos. Aí, a cada sonho não concretizado, a cada erro cometido, a cada desgraça sucedida, eles culpam Deus. Sua filosofia? O sucesso é por minha causa e as desgraças são culpa de Deus. Quanto vale isso na prática?

O que faz uma mãe cantar louvores a Deus no funeral de seu filho? O que faz um homem ir à Igreja quando não tem nada para comer em casa? O que faz um canceroso orar a Deus para que alivie a dor dos outros? O que é isso? A resposta para essas e outras semelhantes perguntas é só uma: Deus é o Centro!

Quando Ele é o centro as dificuldades convergem para Ele. Lembra dos discípulos no meio do mar da Galiléia? Ventos terríveis que açoitavam aquele barco, mas no meio do caos, Ele apareceu e tudo se transformou em bonança. E de Jó, você se lembra? Tanto tempo sofrendo com aquela doença que parecia uma lepra cancerosa, enlutado pelos seus filhos, abandonado pela fé de sua mulher, incriminado pelos seus amigos e quando o melhor lhe era a morte, Deus fala com Ele do meio de redemoinho. Que alegria para os cansados discípulos e que alívio para o sofrido Jó!

Deus como o centro é focá-lo acima de outras luzes. Nicolau Copérnico esqueceu disso. Em suas pesquisas ele descobriu que a Terra era o centro do universo. Que engano! A vida de muita gente gira em torno dele mesmo. São os astros do universo, a estrela mais brilhantes, o eixo central da galáxia. Essas pessoas, por mais especiais que sejam, são vazias. Vale mesmo a pena ser um centro vazio? Responda você.

O dia de hoje marca o início de uma etapa de nossas vidas. Os próximos 365 dias serão vividos um após o outro. Não adianta querer ver o final deles por que não vai conseguir, mas podemos decidir como esses dias serão vividos.

Se o "eu" for o centro, o final deles será arruinado. Projetos fracassarão, pois à parte de Deus, ninguém é nada nem pode fazer nada. É remar contra a correnteza, é acelerar em marcha neutra, é "procurar num quarto escuro um gato preto que não está lá", é escrever na parede de uma cela a palavra "liberdade". Nada adianta.

Agora, se Deus for o centro, o mais terrível caos pode se transformar na mais alegre lembrança. O imprevisível acontece. Faça o teste. Agora, peça a Ele que sente no trono de sua vida e que lhe dirija os passos para que tudo o for fazer seja para seu louvor. Afinal, Ele é o Centro!

sábado, 2 de janeiro de 2010

Medo de Honra

Sempre tive medo da honra. Falo da honra exagerada, aquela que é mais próxima da bajulação do que do coração grato por quem foi honrado. Conheci um pastor que em aniversários, casamentos ou homenagens sempre que lhe davam oportunidades, ele dizia: "Poderia dizer várias coisas e ser achado mentiroso. Então prefiro dizer que te admiro, te amo e te quero bem". Essas palavras eram tão verdadeiras que ninguém duvidava disso. mas o que vemos hoje são pessoas sem temor algum de dizerrem mentiras sendo hipócritas e falsas. Os mesmos que beijam a face hoje reinvindicam direitos nos tribunais. Recentemente participei de uma homenagem ao pastor da nossa Igreja. Quero deixar claro de antemão que não tenho nada contra os cultos de homenagens a quem quer seja. Como diz o apóstolo Paulo "a quem honra honra" (Rm 13.7). Não podemos negar isso.
continua...