quinta-feira, 12 de junho de 2014

O Perigo da Subida

A subida é sempre emocionante. Traz uma sensação de conquista, de novas possibilidades e de superação. Mas, cada degrau deve ser lembrado sempre como o primeiro. Mesmo tendo chegado ao topo, foi necessário o primeiro passo para chegar em cima. Sentir super pra cima e de bem estar com todos é bom para a alma e o espírito.

Lembre-se sempre daqueles que não chegaram onde você está e interceda por eles em orações para que entendam a ajuda divina como você entendeu.

Não esqueça que a descida é mais perigosa que a subida. O possível desequilíbrio pode ser trágico. Infelizmente isso acontece com muita gente. Quando estão buscando algo recorrem a todos os que podem ajudar, mas, ao subir o pódio, a instabilidade fruto da vanglória, exaltação, soberba e vaidade ameaçam a segurança da subida.

Quantos você conhece que no princípio eram homens e mulheres de oração? Quantos que eram delicadíssimos a piedade cristã? Quantos que fizeram bem mais em tribulação do que em tempos de abundância?

Quando Salomão diz que o fim é melhor do que o princípio, ele tinha em mente que o fim revela o que sempre fomos. A princípio camuflamos como um camaleão, simulamos como uma serpente e encantamos como um inocente, mas as alturas revelam quem somos. Olhar os outros por sobre os ombros parece nos fazer felizes.

Há uma lei na física que diz que tudo o que sobe, desce. Ouvi o testemunho de um grande pregador que no auge de seu ministério, ao tentar sem sucesso expulsar os demônios de uma mulher, desesperado disse: "Se não queres sair dela, entrem em mim". Seguido de um silêncio por todos que o viam cansado, ouviu-se a horripilante ameaça dos demônios: "Vou entrar sim, mas não entrarei agora. Primeiro vou acabar com a sua família. Depois riscarei seu nome da mente das Igrejas. Seu conhecimento será esquecido e o levarei para as ruas. Comerás lixo". Em pouco tempo, vi aquele nas ruas de uma famosa capital brasileira, maltrapilho e comendo lixo.

Martin Luther disse que o Diabo é míope. Salomão escreveu que ele anda a caça de coisa preciosa. Daí a necessidade de manter-se sempre quebrantado e humilde. Mostrar para os possíveis perigos que suas conquistas são fruto de seu relacionamento com Deus. Aí não tem espaço para essas instabilidades.

Por isso, aí vão alguns conselhos:

☆ Mantenha uma vida de oração. Oração gera dependência. Dependa de Deus.
☆ Fuja de toda forma de corrupção. Do troco errado ao dinheiro achado. Viva em honestidade sempre.
☆ Desenvolva princípios inquebráveis. Não negocie com sua consciência. Sustente seu caráter sob qualquer prova.
☆ Conquiste amigos. Nada pior que uma comemoração sozinho. Cultive longas amizades. Telefone para eles. Apareça inesperadamente. Presenteie sem razão.
☆ Leia as Escrituras sempre. Ela está cheia de exemplos para nós.

Sucesso!

Nenhum comentário: