sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Alguns conselhos aos novos Ministros do Evangelho:

☆ Encare o ministério com um presente de Deus. Não negocie-o, não barganhe com ele, nem o use como meio de alcançar privilégios.

☆ Honre o Ministério. Milhares gostariam de ser ministros, mas essa honra é concedida apenas aos vocacionados.

☆ Cultive a humildade ministerial. Ser ministro não é o topo. Não precisa lembrar ninguém de que você agora o é. Seja você mesmo.

☆ Celebre o Ministério. Não precisa fechar a cara pra mostrar que é um homem sério. Seja alegre como sinal de gratidão a Deus por tão grande honra.

☆ Exerça o Ministério de acordo com a Bíblia. A vaidade é sedutora, as Escrituras são o remédio preventivo. Mantenha-a no peito para controlar as emoções, na cabeça pra orientar a razão, nas mãos como espada do Espírito, nos pés como luz para o seu caminho.

☆ Regue o Ministério com muita oração. A maioria dos ministros não oram. Oravam antes, agora não mais. Lembre-se: pastores mantém-se em pé quando estão de joelhos.

☆ Concilie a família e o Ministério. Seu bem mais precioso é a sua família. Só a família te dará um ministério bem-sucedido. O testemunho mais poderoso do ministério vem da família.

☆ Seja obediente ao Ministério. Seja prestativo, dedicado e fiel aos seus líderes. A obediência faz um homem honrado.

☆ Seja um ministro responsável. Não rejeite oportunidades e trabalhos. Veja os desafios como chance de exercer melhor o ministério. Não abandone nenhum trabalho antes de agradar aquele que o alistou.

☆ Jamais pense em negar o ministério. Você é muito mais que uma credencial ou diploma. Não negue seu ministério seja por uma aventura, um favor, um privilégio, um status ou coisa semelhante. Um dia, estaremos diante do sumo-pastor. Não volte atrás, não desanime, não murmure, não perca a esperança.

Nenhum comentário: